Slide #1

Servmed Prevenção

(47) 3221-8440

Imprima ou
compartilhe:

Viva Melhor

Páscoa Saudável

Páscoa Saudável

A páscoa está chegando, e nesta época as tentações estão por todos os lados.
Que tal elaborar uma cesta repleta de opções mais saudáveis, porém, não menos saborosas? Com atenção e carinho, podemos nos presentear e presentear nossos entes queridos sem preocupação e sem abusar dos temidos “alimentos proibidos”.

O primeiro passo para elaborar essa cesta é entender a diferença entre os diversos tipos de chocolates disponíveis nas prateleiras dos supermercados. Na hora de escolher o mais famoso alimento das cestas de Páscoa, atente-se ao teor de cacau – quanto maior, mais saudável! Isso ocorre porque os polifenois, ou compostos fenólicos, presentes no cacau produzem efeitos benéficos à saúde, sendo destacadas a capacidade antioxidante, a atividade cardioprotetora e atividade anti-inflamatória. Por isso que, quanto maior o teor de cacau, melhor, pois, maior será o conteúdo de compostos fenólicos.

Chocolate ao leite – para fazer o chocolate ao leite, parte da massa de cacau é substituída por leite em pó (geralmente o chocolate ao leite tem um teor de cacau entre 30 e 40%). O resultado é um chocolate com textura mais cremosa e sabor mais adocicado, no entanto, com menos compostos fenólicos e mais açúcar.

Chocolate branco – tendo como ingredientes manteiga de cacau, açúcar e leite, esse tipo de chocolate é o mais doce e com o maior percentual de gordura entre todos os chocolates. Não contém massa de cacau e justamente por isso não apresenta quantidades significativas de polifenois.

Chocolate amargo – é o chocolate com maior concentração de cacau (geralmente acima de 70%) e com pouco açúcar. É o chocolate rico em polifenois, ou seja, o que mais oferece as propriedades benéficas do cacau.

Chocolate meio amargo – ao compararmos com o amargo, é um chocolate com uma menor concentração de cacau (geralmente por volta de 50%). Quanto ao sabor, um pouco menos acentuado que o amargo.

Chocolate diet – produzido com manteiga de cacau, leite em pó integral, soro de leite e edulcorantes, porém sem açúcar, é recomendado para pacientes que necessitam de uma dieta com restrição de açúcares (diabéticos). No entanto, o consumo deve ser moderado, visto a adição de mais gordura, procedimento este necessário para obter a consistência desejada.

Chocolate em pó – é feito com a amêndoa de cacau moída, sem a manteiga de cacau. É muito utilizado em receitas e também pode apresentar diferentes concentrações de cacau.

Achocolatado – como o próprio nome já diz, achocolatado não é chocolate. É uma mistura de chocolate em pó, leite e muito açúcar.

Sendo assim, procure na lista de ingredientes disponível na embalagem, o chocolate que inicie por massa de cacau ou por cacau em pó. Evite chocolates onde o açúcar seja o ingrediente em maior quantidade (primeiro ingrediente citado na lista de ingredientes).

Agora que você já sabe escolher o chocolate que apresenta o maior numero de benefícios a saúde, sugerimos demais itens para você elaborar uma cesta super atrativa, cheia de coisas gostosas, e o mais importante, com alimentos que nos fazem bem:


- Água de coco
- Suco de Uva Integral (sem adição de açúcar)
- Um bom chocolate
- Oleaginosas: Castanha do Pará, Castanha de Caju, Nozes, Amêndoa, Avelã.
- Frutas secas/desidratadas: abacaxi, ameixa preta, damasco, figo, maçã, pêra, tâmara, uva passa, entre outras.
- Lascas de coco
- Cookies integral light/diet
- Barra de sementes

Material elaborado pelo Setor de Prevenção da Servmed Saúde.

Imprima ou
compartilhe:

Veja mais dicas

Buscar artigos:

Sugira um tema!

Quer saber mais sobre algum assunto relacionado à saúde? Sugira um tema! Quem sabe ele não vira um artigo aqui no Viva Melhor?

Sugestão:

Nome:

E-mail:

© Setor de Prevenção - Servmed Saúde
Telefone: (47) 3221-8440 - Rua 7 de Setembro nº 1.760 - 2º andar – Centro - Blumenau - SC
Desenvolvido por Dataprisma Comunicação Interativa Blumenau

VC4